CRMV-SP lança vídeo de campanha, com presença de Peninha

CRMV-SP lança vídeo com música de Peninha

Canção “Sozinho” embala campanha ‘Quando a gente gosta é claro que a gente cuida’ sobre guarda responsável de animais domésticos

Desde o final de janeiro, milhares de pessoas estão sendo impactadas pela campanha ‘Quando a gente gosta é claro que a gente cuida’, lançada pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo (CRMV-SP), com objetivo de alertar as pessoas sobre a guarda responsável de animais domésticos. Em coletiva de imprensa a ser realizada no próximo dia 13, a campanha entra na sua segunda etapa com o lançamento de um vídeo de dois minutos nas redes sociais.

O curta conta os dramas vividos por um cachorro abandonado nas ruas por sua tutora. O vídeo é embalado pela música “Sozinho”, do compositor Peninha. Ele, que estará presente na coletiva, e a Editora Peermusic do Brasil autorizaram o uso da canção para a campanha gratuitamente por serem solidários à causa de abandono de animais.

A música deu base a toda a campanha, que pretende sensibilizar as pessoas sobre um tema que não pode ser deixado de lado. Afinal de contas, estima-se que existam mais de 30 milhões de cães e gatos em situação de abandono no Brasil e mais de 200 milhões em todo o mundo, de acordo com números da Organização Mundial de Saúde.

Apenas na cidade de São Paulo instituições de acolhimento e abrigos recolhem mais de 500 animais por mês. “O abandono de animais é um problema global que merece atenção de toda a sociedade. É preciso um maior comprometimento de todos com relação à saúde e o bem-estar dos animais, assim como com a saúde humana e ambiental”, afirma o Dr. Mário Eduardo Pulga, presidente do CRMV-SP.

Para a médica-veterinária Dra. Vânia de Fátima Plaza Nunes, presidente da Comissão de Médicos-veterinários de ONGs do CRMV-SP, um futuro tutor de pet deve avaliar bem a decisão de adotar um animal doméstico.

“A relação entre homem e os animais domésticos é muito forte e vai além do fator físico-biológico. Os cães, por exemplo, têm necessidade de conviver com as pessoas. E quando há um rompimento, um abandono, o sofrimento psicológico acaba sendo o principal problema. Por isso, é essencial avaliar a compra ou adoção de um animal doméstico com muita calma”, avalia a Dra. Vânia.

Além do vídeo, a campanha foi literalmente para as ruas de São Paulo com peças de comunicação veiculadas no metrô e nos ônibus da capital e nos principais terminais rodoviários, além de ações com ONGs de amparo animal, escolas e formadores de opinião.

“A intenção com esta campanha é, de uma maneira lúdica, conseguir a conscientização e a educação da população sobre a importância da guarda responsável de animais”, relata o presidente do Conselho.

Anúncios