Nissan inicia testes nas ruas com veículos autônomos na Europa

Londres receberá veículos para avaliações em situações reais
Ação é parte do programa de desenvolvimento multicontinental da marca

Direção autônoma é fundamental na visão estratégica de Mobilidade Inteligente da Nissan

Como parte de seu compromisso de criar um futuro de zero emissão e zero fatalidade para mobilidade, a Nissan apresentou oficialmente ao público a nova geração de protótipos de veículos de passeio autônomo, que trafegaram pelas vias públicas da parte leste de Londres.
É a primeira vez que a Nissan demonstra sua tecnologia de carro autônomo em ruas da Europa. A Nissan já realizou testes em rodovias públicas no Japão e nos Estados Unidos para entender como aplicar a tecnologia autônomo em veículos de modo fácil nas situações cotidianas da vida real.
Os ocupantes dos bancos de passageiros e traseiros do veículo autônomo tiveram a oportunidade de experimentar a tecnologia, que consiste em radares de ondas milimétricas, scanners a laser, câmeras, chips de computador de alta velocidade e uma interface HMI (Human Machine Interface) especializada – apenas para citar alguns. Tudo isso permite que o veículo opere de forma autônoma em rodovias e estradas urbanas da cidade, uma vez que os pontos de destino são inseridos no sistema de navegação.
“A inovação e a engenhosidade estão no coração da marca Nissan e de sua equipe. Este teste da próxima tecnologia autônoma da Nissan nas condições exigentes das ruas de Londres sublinha o nosso compromisso de entregar nossa visão de Mobilidade Inteligente aos nossos clientes”, disse Takao Asami, Vice-Presidente sênior de Pesquisa e Engenharia Avançada da Nissan.
O teste de Londres segue os recentes anúncios de que tanto o crossover Qashqai como a próxima geração do Nissan LEAF estarão mais próximos do futuro, pois os dois modelos serão equipados com a tecnologia autônoma ProPILOT para permitir uma condução autônoma de mão única em estradas. 

Enquanto isso, no ano passado no Japão, a Nissan lançou a van Serena, seu primeiro modelo a ser equipado com a ProPilot. Em dezembro, esta tecnologia ajudou à Serena a ganha o prêmio “Carro do Ano 2016-2017” da Conferência de Jornalistas e Pesquisadores Automotivos do Japao (RJC).
Há planos para que a tecnologia seja introduzida nos mercados dos EUA e da China. Uma rodovia com tecnologia de condução autônoma permitirá ao veículo a mudança automática de faixa, sistema que está previsto para 2018, enquanto a condução autônoma em estradas urbanas e em cruzamentos tem lançamento esperado para 2020.

Anúncios