3 March, 2017 00:26

Agência coordenou ações educativas em mais de 100 municípios;

Acidentes tiveram queda de 12% e número de mortes nas rodovias concedidas caiu 20%

No Carnaval desse ano em São Paulo milhares de pessoas tiraram um tempinho da folia para saber mais sobre segurança viária e os efeitos da perigosa combinação de álcool e direção. Preocupada em conscientizar os motoristas para as regras básicas de segurança, a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) marcou presença tanto nos bloquinhos quanto nas blitz da Lei Seca do Detran SP. Nessa ação, os motoristas sóbrios foram convidados a experimentar, num cenário virtual, a sensação real de quem dirige embriagado. Para tanto, a Artesp levou para as ruas o Projeto Rodovírtua, que se apoia no uso de óculos de realidade virtual carregado com um vídeo 360 graus que permite ao usuário vivenciar a sensação de um motorista dirigindo sob o efeito do álcool. “A Artesp está num processo de modernização constante. Com o Rodovirtua estamos usando a tecnologia para auxiliar na conscientização dos usuários para termos rodovias cada vez mais seguras”, destaca o diretor geral da Agência, Giovanni Pengue Filho.

Já nos bloquinhos e nas praças de pedágio das rodovias estaduais sob concessão, foram distribuídos 723 mil leques com a mensagem “No Carnaval você pode virar o que quiser. Só não vire estatística. Se beber, não dirija”. Com o mesmo slogan, também foram publicadas peças publicitárias em 16 jornais do Estado, além de 720 inserções de jingles em sete rádios com mensagens de advertência ao consumo inadequado de bebida. Para conhecer todas as peças, acesse:www.artesp.sp.gov.br/sobre-artesp-campanhas-carnaval-se-beber-nao-dirija.html. Todas as ações foram feitas em conjunto com o Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, o Detran-SP e as 20 concessionárias de rodovias.

Nas rodovias paulistas, as concessionárias ampliaram as equipes de atendimento e veículos de socorro médico e mecânico. Sob orientação da ARTESP, a mensagem “Aproveite a folia com segurança / Se beber não dirija / #nãovireestatística” foi exibida a cada 25 minutos nos 326 painéis eletrônicos de mensagem (PMV) instalados ao longo das rodovias sob concessão.

Redução de Acidentes. Com todas essas medidas, o feriado de Carnaval desse ano foi mais seguro nos 6,9 mil quilômetros de rodovias estaduais do Programa de Concessões Rodoviárias de São Paulo. “Percebemos que houve uma resposta dos usuários que passaram a adotar um comportamento mais seguro nas rodovias”, avalia Carlos Campos, gerente de segurança e sinalização da Artesp. O Centro de Controle de Informações (CCI) da Artesp registrou 20% menos mortes nas pistas em relação ao mesmo período do ano passado. Foram 8 mortes este ano, contra 10 em 2016, considerando o período das 18h da sexta-feira até às 23:59 da terça-feira de Carnaval. A quantidade de acidentes reduziu 12%, passando de 569 ocorrências para 502 este ano. O número de feridos também seguiu a mesma tendência de queda, com redução da ordem de 19% (330 em 2016 contra 266 em 2017).

Anúncios