MTV lança #PqMulher

Campanha de um ano de duração conta com participação de organizações como Think Olga, Blogueiras Negras, Women’s Music Event (WME) e Minas Programam

‘Coletivo Sala’, formado pela MTV com publicitárias voluntárias, recruta novos talentos e irá criar novas peças e ações para serem veiculadas ao longo dos próximos meses

Neste Dia Internacional da Mulher, 8 de março, a MTV dá início a uma campanha que pretende aquecer as discussões sobre questões femininas durante um ano, sob o mote #PqMulher. O conceito, traduzido em hashtag – que irá reger todas as iniciativas desenvolvidas até março de 2018 – procura encorajar o público a refletir e, sobretudo, a participar da conversa completando a frase com insights como ‘#PqMulher pode’, ‘#PqMulher lidera’, ‘#PqMulher ganha menos?’, ‘#PqMulher quer se divertir’, ‘#PqMulher precisa ser ouvida’, ‘#PqMulher é sexo frágil?’, etc.

“A MTV acredita no poder de uma hashtag para promover uma conversa verdadeira e autêntica sobre igualdade de gênero com a geração mais engajada e equipada de todos os tempos”, explica Tiago Worcman, Vice-Presidente Sênior de Programação e Conteúdo MTV LATAM/MTV BRASIL. “Limitar o debate sobre questões femininas a apenas um dia, ou mesmo a um mês, é muito pouco para tudo o que deve ser discutido e compartilhado. Por isso estruturamos a campanha com uma série de iniciativas que irão perdurar até o próximo Dia da Mulher, em 2018, ou quem sabe até extrapolar”, completa Isabella Simão, Redatora de Criação da MTV Brasil.

Para dar força às meninas – e também convidar os caras a entrar na conversa com mais consciência – a MTV preparou uma série de iniciativas que contam com o apoio de organizações feministas e um coletivo de publicitárias que se voluntariaram em nome da causa:

MTV NEWS ESPECIAL

A partir desta quarta, o break jornalístico da MTV – até hoje focado exclusivamente no universo musical – passa a abrir espaço para pautas que abordem questões de gênero. Com peças de um minuto veiculadas ao longo da programação diária do canal, a ideia é trazer os mais diversos pontos de vista e ângulos sobre o empoderamento feminino e a igualdade entre os sexos que estimulem a audiência a continuar o debate nas redes sociais com a tag #PqMulher.

As seis primeiras edições, que entram no ar neste dia 8, contam com a participação da Preta Rara (rapper conhecida por suas letras de protesto e criadora do movimento #EuEmpregadaDoméstica), Juliana de Faria, criadora do Think Olga (organização feminista que abriu discussões importantes sobre a violência contra a mulher com a #MeuPrimeiroAssédio, hashtag que viralizou no Brasil em 2016), Xan Ravelli (dona do canal/blog Soul Vaidosa, que fala sobre as dificuldades da maternidade jovem para mães negras), Claudia Assef e Monique Dardenne, criadoras do WME – Women’s Music Event (plataforma que visa fortalecer a atuação das mulheres na indústria musical), Ariane Cor, Bárbara Paes e Fernanda Balbino, criadoras do Minas Programam (coletivo voltado a mulheres da área de TI na luta contra o machismo) e Dani (do NX Zero) e Lucas (da banda Fresno), que são pais de meninas e falam sobre a paternidade na ótica do equilíbrio de gêneros.

FALA PRETA

Em parceria com a organização Blogueiras Negras, a MTV irá disponibilizar conteúdos em vídeos e textos de até 140 caracteres feitos por mulheres negras e para mulheres negras. As peças serão veiculadas na programação da MTV na TV e nas redes sociais já a partir deste mês.

‘LUGAR DE MULHER É’

Para deixar claro o que já deveria ser óbvio, a MTV também irá veicular na TV e em suas redes sociais uma série de peças que procuram conscientizar o público sobre a liberdade de escolha da mulher na sociedade contemporânea.

PROGRAMAÇÃO DIA DA MULHER

Neste dia 8, a MTV preparou uma programação especial inteiramente dedicada ao protagonismo feminino, com programas como ‘Jovens e Mães’, maratona de ‘Adotada’ e um ‘MTV Hits’ só com clipes de artistas mulheres em que a interação via Twitter em tempo real será com a #PqMulher.

COLETIVO SALA

Para fortalecer ainda mais a #PqMulher e aproveitar toda a versatilidade de assuntos que a hashtag pode abranger, a equipe de Ad Sales da MTV montou um coletivo de design e comunicação formado só por mulheres. De forma voluntária, elas irão se juntar em reuniões periódicas para criarem novas peças gráficas e conteúdo para a campanha, que serão veiculadas nas redes da MTV ao longo do ano.

Inicialmente, participam da iniciativa as publicitárias Agatha Kim (Planejamento na Havas Worldwide), Juliana Ronchesel (pesquisa), Beth Bilé (diretora de arte), Juliana Mello (designer e diretora de arte) e Suzana Jahnel (designer). O desafio agora é crescer o coletivo para que ele seja cada vez mais inclusivo. Ou seja, a ideia é que cada mulher que queira e possa contribuir com o projeto se junte ao time, voluntariamente. Para isso, basta mandar uma mensagem para coletivosala.

“O patriarcado ‘ferrou’ todo mundo, homens e mulheres. O papel da sociedade agora, é cuidar dessa ferida, que é de todos, com o máximo de empatia e amor. O coletivo está a serviço disso”, finaliza Suzana Jahnel.

Além das peças que serão desenvolvidas pelo coletivo e que serão veiculadas pela MTV ao longo do ano, diversas outras iniciativas da campanha #PqMulher já estão previstas pela MTV para abril e maio, como uma ação em parceria com Youtubers para a criação de vídeos sobre problemas virtuais que impactam a vida real das mulheres (violência e assédio virtual, pornô como vingança, mulheres e a tecnologia, liberdade de expressão, nudes não consensuais, etc.) e uma série de peças gráficas com o tema ‘Não Significa Não’, sobre o poder de escolha da mulher.

#PqMulher é uma iniciativa pan-regional da MTV Brasil e MTV Latinoamérica.

Anúncios