O que a Samsung está fazendo para manter sua Smart TV segura

Hoje em dia, cada vez mais TVs estão conectadas à internet. Na verdade, a promessa da Samsung Electronics é de que todas as suas TVs e produtos estarão conectados à Web até 2020. Para tornar isso realidade, a empresa está trabalhando para garantir que todos os dispositivos e dados pessoais de seus usuários estejam protegidos e isto já é feito hoje para as Smart TVs da Samsung.

Nós da Samsung, tendo a segurança como prioridade, somos a primeira fabricante de Smart TVs certificada pelo International Security Standard Common Criteria (CC) por dois anos consecutivos. Assim como em um banco, que usa vários níveis de segurança (câmera, cofres e agentes) para proteger seus objetos de valor, as Smart TVs da Samsung apresentam uma solução de segurança em três etapas, para fornecer a melhor proteção possível aos seus consumidores. A solução funciona incorporando recursos de segurança que envolvem plataforma, aplicativo e hardware.

Detalhes da solução de segurança das Smart TVs Samsung

PLATAFORMA DA SMART TV SAMSUNG

Criptografia de Dados – Criptografa os dados antes de serem armazenados ou enviados, para protegê-los quando houver comunicação com servidores externos.

Detecção – Detecta e bloqueia aplicativos mal-intencionados e arquivos não autorizados que tentem acessar a TV.

Teclado Seguro – Protege as informações pessoais do usuário, como números de cartão de crédito e senhas.

APLICATIVO

Mecanismo Antimalware – Detecta malwares que tentam se infiltrar no sistema da TV e causar danos.

Navegador Seguro – Garante o uso seguro de serviços da TV conectados à internet.

Proteção de Rede – Obstrui ataques externos maliciosos que poderiam invadir as redes do usuário.

HARDWARE SAMSUNG

Arquitetura de chips de hardware – Evita o vazamento de dados separando o espaço físico do hardware para o software principal.

Autenticação – Assegura que as Smart TVs da Samsung sejam operadas apenas com uma plataforma confiável Tizen.

Etapa de Plataforma

Na etapa de segurança inicial de Plataforma, dados importantes, como os da conta e senhas do usuário, são criptografados antes de serem armazenados. Em seguida, um processo de criptografia padrão protege os dados na comunicação com servidores externos, para evitar que invasores roubem essas informações. Além disso, aplicativos maliciosos e arquivos não autorizados que tentem acessar o dispositivo são detectados e bloqueados, ajudando a manter os ambientes operacionais estáveis para a Smart TV.

Entrando em detalhes, a Smart TV da Samsung primeiro verifica a autenticidade do certificado transmitido pelo servidor ao conectar-se a ele. Em seguida, cria chaves de criptografia que são usadas para a comunicação com esse servidor. Durante as trocas de dados, todo o conteúdo é criptografado impedindo que terceiros os grampeiem e modifiquem, eliminando a possibilidade de acesso não autorizado às informações do usuário.

A plataforma Samsung Smart TV detecta e bloqueia diversos ataques que ameaçam o ambiente operacional da TV. O uso da tecnologia de segurança da plataforma proporciona ambientes de software estáveis, em que uma variedade de serviços e conteúdos podem ser executados com segurança, bloqueando códigos não autorizados de acesso à TV e ataques a pontos vulneráveis da plataforma.

Além disso, as Smart TVs da Samsung utilizam o Teclado Seguro, um teclado virtual de letras e números que protege as informações pessoais dos usuários, como informações de cartão de crédito e senhas.

Etapa de Aplicativo

Em seguida, na etapa de aplicativo, as Smart TVs da Samsung aproveitam ao máximo os mecanismos antimalware para evitar que intrusos externos ataquem sua rede. Essa etapa foi desenvolvida para bloquear o acesso de sites de phishing aos dispositivos e detectar infecções de códigos maliciosos.

De modo específico, as Smart TVs da Samsung somam os recursos de segurança Smart aos de seu navegador web para garantir o uso seguro de serviços da TV que se conectam a internet. O navegador da Smart TV Samsung possui um recurso de segurança que exibe um alerta pop-up quando o usuário clica em sites suspeitos. Ao solicitar ao usuário que escolha entre prosseguir ou rejeitar o pop-up, pode ajudar a impedir que informações pessoais sejam divulgadas através de phishing encoberto ou sites mal-intencionados.

Para detectar e impedir que um software malicioso (malware) tente entrar no sistema de TV e cause danos, as Smart TVs da Samsung utilizam o mecanismo de vacina antimalware, que, basicamente, impede a execução de códigos nocivos, monitora o sistema e analisa informações vinculadas aos arquivos mal-intencionados. Além disso, a Proteção de Rede obstrui ataques externos maliciosos que poderiam invadir as redes do usuário.

Etapa de Hardware

Finalmente, através da etapa de hardware, a Smart TV da Samsung oferece uma solução de segurança independente e poderosa, com base na arquitetura de chip, que evita o vazamento de dados separando o espaço físico no hardware para a operação do software principal. Além disso, pelo processo de autenticação com base no hardware, as Smart TVs Samsung são operadas somente com uma plataforma confiável Tizen. Essa tecnologia segura garante a estabilidade da plataforma e dos aplicativos da Smart TV.

A Samsung entende que segurança e confiabilidade são essenciais para a adoção destes modelos, e que a confiança depende de conexões seguras e protegidas. A próxima TV que você comprar muito provavelmente será uma Smart TV, e esta solução de segurança em três etapas” é apenas uma maneira pela qual a Samsung está trabalhando para proteger as informações do usuário e impulsionar a adoção de Smart TVs.

Anúncios