Santander abre inscrições para segunda edição do seu programa de aceleração de empresas

§ Radar Santander, em parceria com a Endeavor, selecionará cinco empresas com projetos inovadores voltados ao mercado financeiro para apoiar o seu crescimento

O Santander inicia hoje, em parceria com a Endeavor, a segunda edição do Radar Santander, programa de apoio a empreendedores com alto potencial de crescimento e que tenham projetos inovadores para o mercado financeiro. As inscrições para o Programa Radar Santander podem ser feitas no www.santander.com.br/radar até 26 de fevereiro.

Na etapa final de seleção do programa, 10 empresas participarão de um evento no dia 04 de abril. Na ocasião, os empreendedores farão uma apresentação sobre seus negócios para a alta direção do Banco.

Após analisar o desempenho dos participantes e o que as suas empresas podem agregar ao mercado financeiro, serão escolhidos os cinco empreendedores que, entre maio e agosto, terão mentorias personalizadas com executivos do Santander e mentores da rede da Endeavor, formada por alguns dos principais líderes empresariais do País.

Enquanto um mentor-padrinho da Endeavor irá ajudá-los nos desafios internos de gestão da empresa, um executivo do Santander o apoiará fomentando a geração de novos negócios. O Radar também promove uma rede de networking e ajuda mútua formada por companhias que crescem e enfrentam desafios semelhantes, por meio de mentorias coletivas que abordarão desafios comuns dessas empresas.

“Conseguimos identificar um grande potencial de negócios nas empresas selecionadas na primeira edição do Radar Santander. Já estamos, inclusive, desenhando projetos financeiros com algumas delas, e deixamos claro que as nossas portas nunca irão se fechar para todas as participantes”, afirma Angel Santodomingo, vice-presidente executivo e CFO do Santander Brasil.

O programa busca empresas que estejam no ponto de inflexão de seu desenvolvimento, e que apresentam potencial para sustentar um crescimento exponencial e em um curto período de tempo, ou seja, com perfil scale-up. Os negócios procurados deverão contemplar inovações em canais de relacionamento entre clientes, mercado e indústria financeira; agilidade e segurança dos meios de pagamento e análise de dados.

O papel do Santander é fazer a conexão entre as boas ideias e os projetos, proporcionando não apenas soluções financeiras, mas uma oferta de valor completa: produtos, serviços, orientação e capacitação profissional. Neste contexto, o Radar Santander busca aproximar os ecossistemas, conectar pessoas e ideias, fomentar a troca de experiências e, principalmente, ser uma ferramenta que ajude no desenvolvimento do empreendedor e de seus projetos inovadores.

“O programa tem o papel de alavancar o poder de transformação dos empreendedores apoiados. Na primeira edição, as cinco empresas participantes fecharam 2017 com um crescimento de quase 100% em número de funcionários – ganham os negócios e ganha também o Brasil”, explica Igor Piquet, diretor de Apoio a Empreendedores da Endeavor. “O mérito, em primeiro lugar, é dos empreendedores, mas as mentorias e conexões fazem a diferença frente às típicas dores de crescimento de uma scale-up”, completa Piquet.

Edição 2017

Na estreia do Radar Santander, houve mais de 300 inscrições de empresas interessadas em participar do programa, com mais de 120 mil visitas no site do programa e 517 mil pessoas sensibilizadas via redes sociais. Foram selecionadas as empresas Pipefy, de gestão de processos e workflows para ganho de eficiência; Tempest, de solução de cyber segurança e combate a fraudes digitais; IDwall, de serviços de validação de documentos, verificação de identidade e background check; Moneto, de solução por aplicativo de recebimento, controle e cobrança para microempresário; e Docway, de base de médicos e pacientes para atendimento domiciliar.

“O programa superou nossas expectativas. Nos surpreendemos positivamente com o conhecimento dos mentores que nos foi repassado e a velocidade com a qual conseguimos expandir nossos negócios – economizamos dois anos de alinhamento de estratégia e visão de futuro”, afirma o CEO da Moneto, Marcos Arruda. Para ele, o Radar começou com “provocações” que foram respondidas plenamente ao longo do programa. A Moneto é uma das empresas que está desenhando um projeto financeiro com o Santander.

O CEO da Docway, Fabio Tiepolo, disse que não dava atenção para potenciais negócios da empresa com o mercado corporativo e B2B. “Vimos que é possível sim fazer parceria com o mercado financeiro na área de Saúde. O networking que o Radar oferece é excepcional para o crescimento do negócio e ampliação da nossa visão de futuro. E a parceria com a Endeavor dá maior credibilidade ao programa”, contando, que a Docway foi parceira do Santander em eventos de conscientização de doenças.

Anúncios