SBT remove filmes “sangrentos” de plataforma de streaming para estimular doação de sangue e insere um tí tulo especial em sua programação

fc0246aa8c0cd39829fb7836d946ece2_medium.jpg

SBT remove filmes "sangrentos" de plataforma de streaming para estimular doação de sangue e insere um título especial em sua programação

Denominada "Tela sem sangue", ação ocorre na plataforma Looke e faz referência à falta de sangue nos hemocentros

Filmes de ação com cenas sangrentas fazem sucesso entre os espectadores da TV e das plataformas de streaming. Mas, e se esses títulos saíssem do catálogo, temporariamente, por uma boa causa? Atentos ao atual cenário de déficit nos bancos de sangue do país, a SBT do Bem, plataforma de responsabilidade social do SBT, e o Looke, serviço de streaming, se uniram em uma campanha inovadora, a “Tela sem sangue”.

Criada pela agência WMcCann, a iniciativa propõe que, se está faltando sangue nos hemocentros, também irá faltar filmes com sangue na programação da emissora e na plataforma de streaming. O objetivo da ação é estimular a doação de sangue por meio dos espectadores das duas plataformas de conteúdo, até os bancos de sangue subirem seus estoques.

Assim, conforme aumentar o nível dos estoques de sangue, os títulos voltam gradativamente à programação normal do Looke. E, ao final da campanha, os espectadores do SBT ainda serão contemplados com a exibição do filme “A morte convida para dançar”.

“Dados do Ministério da Saúde mostram que menos de 2% dos brasileiros têm o hábito de doar sangue, é um número muito baixo. Justamente por isso o tema sempre está no nosso calendário de SBT do Bem. Dessa vez, apostamos em algo que é de interesse comum de todos – o entretenimento – para promover o engajamento para a doação, de maneira inovadora”, destaca Priscila Stoliar, gerente de Marketing do SBT.

A campanha “Tela sem sangue” já está circulando e a comunicação é feita por meio de comerciais bem-humorados, em que personagens marcantes do universo de filmes sangrentos aparecem em situações inusitadas pedindo emprego. No caso do Zumbi, por exemplo, o personagem é mostrado distribuindo panfletos interpretando um corretor de imóveis, já que, teoricamente, ficou desempregado com o seu filme fora do ar. Confira um dos vídeos aqui.

Os artistas influenciadores do SBT também têm um papel importante nesta ação: eles irão utilizar suas redes sociais para comentar o quanto estão sentindo falta dos filmes, estimulando a doação por parte dos internautas.

A campanha ainda conta com um hotsite, onde o público pode acompanhar um medidor de sangue, que mostrará o andamento do crescimento dos estoques de sangue e quais filmes serão liberados. Também neste canal há um mapa dos locais para doação de sangue em todo Brasil.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: